Entenda a relação entre varizes e gravidez

Você já parou para pensar que, quando falamos no surgimento de varizes e seus tratamentos, as gestantes são as primeiras pacientes a serem mencionadas? Pois é, existe uma grande relação entre as grávidas e as varizes, mas, por que isso acontece? Para compreender melhor como o sistema vascular feminino reage à gestação e como é possível evitar essas manchas tão desagradáveis nas pernas, preparamos esse artigo. Entenda, de uma vez por todas, qual é a relação entre as varizes e a gravidez!
Varizes: o que são?
As varizes são veias dilatadas e tortuosas, resultantes de alterações que dificultam o retorno do sangue ao coração, geralmente nas pernas. Essa doença prejudica o visual e causa, além das manchas na pele, dores, inchaços e muito incômodo para os pacientes que apresentam essa condição.

É um problema comumente observado em mulheres (apesar de também poder ser encontrada em homens) e tem relação com a dificuldade que o organismo apresenta de fazer com que o sangue retorne ao coração para ser bombeado. Como a força da gravidade puxa o volume sanguíneo para baixo, as veias mais fracas acabam se dilatando e acumulando um excesso de sangue não retornado para o coração – o que forma as manchas características na perna, veias volumosas e muita dor.
Gestantes e varizes: por que a relação é tão grande?
A gestação é um período conhecido por fazer com que a mulher enfrente várias alterações hormonais, que modificam completamente o seu metabolismo e a maneira como conhece o funcionamento do seu organismo. Essas alterações hormonais afetam o sistema vascular da mulher, o que pode dificultar o transporte de grandes volumes de sangue para o coração.
Além disso, outro fator que costuma ter bastante influência no maior risco de apresentar problemas com varizes na gestação é o aumento significativo de peso da mulher nessa fase da vida. Como o corpo todo se desenvolve para receber o bebê, é natural que o organismo necessite de um volume maior de sangue para nutrir esse organismo desenvolvido. Os grandes volumes de sangue podem sobrecarregar as veias dos membros inferiores, causando as desconfortáveis e indesejáveis varizes.
Mulheres com múltiplas gestações tem mais chance de apresentar varizes?
Sim, existe uma relação maior entre mulheres que já passaram por mais de uma gestação e o seu risco de desenvolver varizes. Como nessas situações as veias já passaram por uma situação anterior de sobrecarga, é natural que elas estejam mais vulneráveis do que as veias de mulheres que estão passando por uma primeira gestação, aumentando o risco de não conseguir fazer o retorno do sangue ao coração de maneira eficiente.
As varizes são perigosas para a gestante? Como evitá-las?
Geralmente não existe risco com o desenvolvimento dessas manifestações vasculares para a saúde da mulher ou do bebê, visto que essa é uma situação relativamente normal, nessa fase da vida.
O acompanhamento com um Angiologista durante a gestação é importante para orientar medidas que melhorem a circulação nas veias.
Além disso, a gravidez pode aumentar o risco de formação de coágulos nas veias (Trombose Venosa). Vermelhidão, inchaço e dor nas pernas devem ser investigados sem demora por esse especialista.
Uma dica boa durante a gestação é deitar e colocar as pernas para cima, o que reduz consideravelmente a pressão nas veias.
Você já conhecia a relação entre as varizes e a gravidez? Apresentou essas condições clínicas quando teve seu primeiro filho ou está lidando com elas agora? Conte para a gente um pouco de sua experiência!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.