Microvarizes e a crise

O que as microvarizes têm a ver com a crise econômica?

 

Introdução

Em primeiro lugar, se você está começando agora em nosso site, informamos que este texto faz parte de uma série, iniciada com o post:
Quem me dera poder tratar as microvarizes e ter pernas atraentes, mas&#8230
Em segundo lugar, agradecemos aos que já estão seguindo nossa série e prometemos que o tema de hoje será instigante!??????????
Nos últimos textos, demos dicas para a solução de alguns problemas causados pelos vasinhos/microvarizes.
Talvez você ainda não tenha lido, então, clique agora para se inteirar:
Microvarizes: nao subestime o problema!
O que as microvarizes têm a ver com meu comportamento social?
Em seguida, falaremos hoje do ponto mais sensível da discussão, com dicas para a sua solução. ?
O que as microvarizes têm a ver com a crise econômica? Siga em frente para saber!

Microvarizes, elas têm lugar em meu orçamento??

Com certeza, agora você concorda que este post será verdadeiramente instigante. Respire fundo enquanto está a momentos de descobrir a resposta para essa pergunta.
Antes de respondê-la, vamos complicar um pouco mais, fazendo 3 perguntas adicionais, aproveitando o clima eleitoral: O que você prefere?

  1. Mais empregos ou menos inflação?
  2. Investir seu tempo em trabalho ou educação?
  3. Comprar um carro ou viajar e na volta, andar de bicicleta?

“Trade off”, é disso que estamos aqui tratando; quando eu faço uma escolha A, em detrimento da opção B. Às vezes muito fácil, às vezes um dilema…
Como descobrir se devo gastar agora, aproveitando a oportunidade ou poupar para criar melhores oportunidades, amanhã? Difícil, não é mesmo?
Sendo assim, a primeira reflexão poderia ser: não há respostas prontas. Tudo depende da pessoa, do contexto e da época, uma equação complexa.
Por exemplo, se alguém é jovem, fica óbvia a necessidade de investir em educação, mesmo que enfrente sacrifícios em face de obter menos renda trabalhando.
Ao contrário, se alguém está na meia idade e acumulou um patrimônio significativo,  pode usufruir dele no presente. Mas tem a família, também…
Dessa forma, a pergunta  “microvarizes, elas têm lugar no meu orçamento?” deve ser respondida unicamente por você , após cuidadosa reflexão.
Antes de dizer “sim”ou “não”, pense em como está gastando o seu dinheiro hoje. Se administra bem seus recursos, se sabe poupar ou se tem dívidas.
Nem sempre temos essa compreensão de forma clara e imediata. Ou podemos ser um pouco evasivos… acho que sim… talvez, não…

Microvarizes, medidas gerais & tratamento específico

De forma geral, como especialista em vasinhos e microvarizes, posso afirmar que o tratamento tem uma parte gratuita e uma parte que envolve custos.
Certamente, a parte gratuita (medidas gerais) deve iniciar de imediato e envolve um custo intangível, um esforço, como quem precisa fazer exercícios e decide iniciar caminhadas.
Para ajudar você nessa primeira etapa, baixe nosso eBook gratuito: https://portal.claudiasathler.com
Em contraste, a parte que envolve custos (tratamento específico) pode ser planejada. Dependerá daquele trinômio que já citamos: PESSOA/CONTEXTO/ÉPOCA.
Digno de nota, se nossa escolha é uma troca, qual seria melhor, uma viagem de feriado na praia ou ficar e tratar as microvarizes/vasinhos?
Qual das opções acima me traria mais conforto? Curtir praia agora, com microvarizes ou curtir mais tarde, sem microvarizes e tendo um saúde melhor?
Igualmente, o raciocínio poderia se aplicar às festas, aos gastos com roupas, aos cuidados com outras partes do corpo…
Só você pode saber, só você pode responder. A única afirmação enfática que poderia ser feita seria: “todo o cuidado com dívidas que rolam, é pouco”.
Contudo, peço que você tire, AGORA, alguns minutos para pensar, talvez anotar e visualizar como têm sido as suas escolhas.

Microvarizes, elas podem esperar?

Provavelmente, a essa altura, você já entendeu que precisa adotar as medidas gerais referentes ao tratamento das microvarizes/vasinhos o mais rápido possível.
Além do mais, ficou claro que o tratamento específico das microvarizes, feito pelo Angiologista, pode envolver custos e pode ser planejado.
Mas, aconselhamos que não seja adiado, indefinidamente. Esperamos que você tenha sido motivado a começar, já! ?

RESUMO

Concluindo, pode ser que, hoje, você tenha entendido que as microvarizes têm custo: sua saúde, sua liberdade, seu bem estar e sua alegria.
Todos nós temos a hora da nossa”Escolha de Sofia”, desejamos sucesso na sua!
Para ajudar você, sugerimos um texto bastante interessante sobre o tópico: http://simplesmenteeconomia.blogspot.com/p/em-pauta.html
Se você gostou desse conteúdo, volte ao início e avalie com 5 estrelinhas! Curta e compartilhe!?
Queremos também que deixe o seu comentário e sugestão de qual assunto você gostaria que abordássemos aqui. Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.