Reflexão de Páscoa

É Páscoa!
Então, vamos deixar à parte as “microvarizes”, varizes, “vasinhos”, doenças venosas e doenças circulatórias em geral, apenas por um pouco, para refletir.
Usando uma metáfora bem ligada à Angiologia, existe um Sistema Venoso Profundo (SVP) e um Sistema Venoso Superficial (SVS). O primeiro, SVP, é responsável por mais de dois terços do retorno venoso, sendo mais robusto, portanto. Isso não significa que o SVS seja menos importante.
Em 2003, estudando o assunto dos problemas associados entre estes dois sistemas SVP/SVS, ao preparar uma palestra para o Congresso da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular-MG, descobri que, quando o SVS descompensa gravemente, arrasta consigo o SVP, muitas vezes. Mentalmente, associei ao cenário do casamento. O Homem pode ser mais robusto que a Mulher, mas quando esta entra em desequilíbrio no casamento, pode tornar-se muito forte em seu descontentamento. Muito mesmo!
De volta à reflexão da Páscoa, existem coisas profundas e coisas superficiais. Ambas são importantes, mas, quando as coisas superficiais tomam o espaço das coisas profundas, aí há um problema.
Coisas profundas: A Fé, a Esperança e o Amor.
Boa Páscoa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.